José Aldyr Gonçalves

Escritos de ontem, de hoje e de amanhã...

Textos

MEDO DOS MEDOS
Medo dos medos

                                                 - José Aldyr Gonçalves

Sinto medo de falar e ser taxado de anarquista
Medo de calar e ser acusado de omissão
Medo de sorrir e ser chamado de idiota
Medo de chorar e sofrer com a emoção

Medo de sair e não mais contar com a volta
Medo de chegar e não encontrar alguém
Medo de ficar e p'ra sempre ser sozinho
Medo de fugir e nunca mais ver ninguém

Medo de pensar e lembrar de algo passado
Medo de esquecer pensamentos do presente
Medo de prever incertezas do futuro
Medo de provar as culpas de um inocente

Medo de achar o mapa do egoísmo
Medo de perder o tesouro do amor
Medo de errar o caminho do sucesso
Medo de acertar a estrada do pavor

Medo de acender a fogueira da esperança
Medo de apagar a chama da tentação
Medo de viver a realidade às claras
Medo de morrer na eterna escuridão


(Esses eram os medos da adolescência)
josealdyr@gmail.com
JOSÉ ALDYR GONÇALVES
Enviado por JOSÉ ALDYR GONÇALVES em 30/11/2009
Alterado em 18/08/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar: Autoria de José Aldyr Gonçalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras